Publicidade
|
Religião

Pe. Gaspar recebe homenagens da CM de GBA; Comendas são de autoria de Zé Ismai e Mallaguty
17.04.2013 enviado às 13:20
Texto:
Padre Gaspar está sendo transferido para a cidade de Cacimba de Dentro (Imagem: Fato a Fato)

GUARABIRA (PB) – O Padre Gaspar Rafael, vigário da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe no bairro do Nordeste recebe, na tarde desta quarta-feira (17), o título de Cidadão Guarabirense e a Comenda Dom Marcelo Pinto Carvalheira. O vigário possui vasto leque de serviços prestados a cidade de Guarabira.

O título de Cidadão Guarabirense é de autoria do vereador José Tolentino de Alustau (Zé Ismai). A Comenda Dom Marcelo Pinto Carvalheira foi outorgada pelo parlamentar Armando Rodrigues de Oliveira, o popular Armando Mallaguty.

Padre Gaspar Rafael está deixando a cidade de Guarabira. O vigário foi transferido para Cacimba de Dentro, onde assume a Paróquia daquele município.

Em Guarabira, Padre Gaspar participou ativamente da vida social da cidade e assumiu vários cargos. O sacerdote esteve Reitor do Santuário Frei Damião, foi responsável pela Pascom – Pastoral da Comunicação da Diocese de Guarabira e vigário da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe no bairro do Nordeste.

Do Fato a Fato

Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Quarta-feira de Cinzas é o primeiro dia da Quaresma, conforme calendário cristão

»Milhares de fiéis participam de missa e procissão de Nossa Senhora da Luz

»OPINIÃO - Dom Lucena relata "A Missão do Profeta Misericordioso"

»Padres católicos poderão se casar, informa teólogo alemão

»Papa Francisco se considera tão "pecador" quanto um preso

»Padre Adauto divulga programação religiosa da Festa da Luz 2016

»Dom Lucena volta a criticar omissão da PM de GBA com o Memorial Frei Damião

»Eva teria sido feita do "osso do pênis" de Adão, diz especialista

»Papa aprova canonização de Madre Tereza de Caucatá

»“Quem tiver vergonha na cara não vota em Manoel Jr e Wellington Roberto”, diz padre

 
 
 
Editorial do dia

Factoide

Todos os compêndios do marketing político dedicam atenção a uma estratégia essencial: desviar o foco. É uma espécie de bê-a -bá do ofício. Tão presente na literatura da profissão quanto os Salmos nos livros bíblicos. A meta é nos fazer olhar na direção contrária ao problema real. Torcer nossa visão. Desviar nossa atenção.

Veja mais
 
Colunistas
Dom Lucena
O Carnaval
Nal do São José
O leite derramado
Mais Lidas